0Retrofit e tecnologia

Também em Botafogo, a construtora Mozak lança este mês o Era Botafogo, que resgata parte da58 história580 do bairro ao revitalizar um casarão tombado do século XX, em estilo eclético e com influência francesa, na Rua Dona Mariana 56. A construção original remete ao período da primeira expansão habitacional no bairro, impulsionada pela presença da aristocracia na região. Com Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 34,4 milhões, o casarão de uso multifamiliar terá dois pavimentos, que vão abrigar apenas quatro unidades, sendo duas por andar, com metragens de 109,91m² a 137,26m². Nos fundos, uma nova edificação será erguida, com 35 unidades.

Já a D2J Construtora escolheu Copacabana para lançar o Selfie Tech, colado ao Bairro Peixoto. O residencial, já em construção, tem apenas 24 unidades entre estúdios e coberturas integradas, além de espaços inteligentes, lazer e segurança. As unidades têm valores a partir de R$ 650 mil.

Duas dessas unidades foram compradas pela empresária Isvetlana Theis Pereira dos Santos, de 31 anos, que se divide entre o Brasil e a França. A brasileira conta que escolheu a “princesinha do mar” principalmente pelo fato de o bairro ter grande valorização por oferecer praia, além de comércio e transporte variados.

— Sem contar que Copacabana é o cartão-postal do Rio de Janeiro. Comprei os dois imóveis com a finalidade de locação e sei que terei um rápido retorno do valor investido, porque o bairro é muito cobiçado — comenta Isvetlana.

Fonte: https://oglobo.globo.com/rio/bairros/alta-na-venda-de-imoveis-na-zona-sul-copacabana-botafogo-leblon-lideram-ranking-dos-bairros-mais-procurados-25153062